header_img

terça-feira, 3 de abril de 2012

Cadeira Compas, autêntico 'desenho industrial'

É sempre bom lembrar que (ao contrário do que muita gente pensa) não foram os italianos que inventaram o Design.  O design italiano é o que é hoje graças à revolução industrial que começou na Inglaterra, à escola Nórdica* e a outros fatores econômicos e sociais já abordados neste blog.


Também vale lembrar que nestes tempos de valorização do design-artsy (artístico), que inunda o mundo com peças únicas e sem propósito, milhões de profissionais ao redor do mundo ainda trabalham para criar produtos bonitos, inteligentes e industrializados.

Um caso recente que merece destaque é o trabalho do francês Patrick Norguet, enfatizado no texto de abertura de uma importante exposição em Paris, pelo também designer e curador Cedric Morisset:  

"Na tradição de Roger Talo, dos Castiglioni e mais recentemente de Alberto Meda, Patrick Norguet quer ser visto como um desenhista industrial. Radical em busca do esboço, da sensibilidade poética dos produtos e da atenção meticulosa aos detalhes. Em sua oficina nenhuma teoria da prática do design, nenhum indício de confronto com as regras do bom gosto, livre do arquétipo gratuito ou de uma nova tipologia sem fundamento, não busca pelo menos, pelo excesso ou por qualquer outra coisa por princípio. Além de encontrar a linha certa e a elegância plástica, Norguet gosta de fábricas, oficinas, materiais e artesãos que implementá-las, decifra as técnicas, processos e tem uma paixão pela inovação. Seu gosto pela beleza da peça mecânica, da montagem e funcionalidade, bem como sua rejeição do ornamento com raras exceções, por vezes, deixar de pensar que ele associou-se com os preceitos estabelecidos há cem anos por Adolf Loos. Seus genes são portanto bastante nórdicos e seu temperamento bastante francês. Com seu senso de cor, a sua contenção formal, sua elegante simplicidade desprovida de caráter e sua constante busca de conforto, seu trabalho está em relação direta com os cânones do design nórdico".

A mais recente criação de Norguet é a Cadeira Compas - uma homenagem ao mobiliário contemporâneo concebido a partir dos anos 1940 no princípio da fluidez e conforto. Aqui o designer tira o máximo das possibilidades técnicas atuais para limpar as linhas e obter uma cadeira que é ao mesmo tempo acolhedora e empilhável, para ser utilizada dentro e fora da casa. O assento e o encosto são de polipropileno e pés em alumínio fundido, revestida em epoxi.


Isto sim é design - o bom e velho desenho industrial !





.