header_img

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Objetos de(o) luxo




Objetos de(o) luxo
Uma vida de luxo implica uma vida sem trabalho físico. Mas um objeto de luxo não é necessariamente um objeto que não dê trabalho. Não é só na fabricação que se pode exigir esforço, mas também na manutenção. Polir prata, latão e cobre, conservar couro e esfregar pedra já foram o centro da vida doméstica.
O luxo, em parte, é criado pelo uso de materiais que lhe são associados. O precioso e o raro em geral são os mais procurados. Mas parecer caro simplesmente não basta. É preciso sinalizar valor e ambição da maneira correta. Com certos tipos de objetos, é preciso saber um pouco sobre eles para entender como são preciosos. Para certos objetos, o conceito de luxo é usado para criar a aura antes propiciada pela arte.
Os sinais visuais e táteis do luxo são intimamente associados a valor. São os gatilhos que nos fazem acreditar que um objeto vale mais que outro com as mesmas características funcionais. O luxo pode ser sinalizado por deixas audíveis: o ruído do motor de um carro, ou de uma porta sólida se fechando, ou o clique de uma fechadura sendo trancada. Ou a mensagem pode ser transmitida por sinais que sugiram desempenho. Por mais que tentamos, não podemos deixar de interpretar uma grade de ventilação próxima ao capô bem-talhado de um carro senão como algo que se lhe agregasse valor.
Já se considerou que o valor de um objeto tinha relação direta com a quantidade de coisas que pudesse fazer. A profusão de mostradores e marcadores em equipamentos eletrônicos de certa época refletia a necessidade de informar os proprietários do quanto sua máquina era capaz, mesmo se a informação transmitida por todos aqueles ponteiros dançantes maravilhosamente precisos não tivesse muita relevância prática para o proprietário.
Atualmente, luxo, cada vez mais, são os detalhes que convencem os consumidores a gastar dinheiro. Mas outra definição de luxo – mais próxima do sentido original – talvez se mostre mais e mais pertinente. Por essa definição, o luxo é a maneira de propiciar um alívio da implacável maré de bens que ameaça nos afogar.

Juliana Desconsi | Designer | Intervento Design | (54) 3052.0950 juliana@interventodesign.com.br |www.interventodesign.com.br

.