header_img

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Indústrias de brinquedos - Não assustem nossas crianças!

Ontem eu dei uma passada na feira da Abrinq no expo center norte, que vai até sexta agora dia 9, e não fui porque era um sonho de criança ir num lugar cheio de brinquedos, mas para ver o que as indústrias estão fazendo para nossas crianças, lógico.

A feira tá bem legal, eu não imaginava que tinhamos tantas indústrias de brinquedos, eu não conhecia a maioria, fora Estrela, Grow e uma aqui ou outra ali.

Bom o que vi lá são muitas empresas esbanjando pouca criatividade, cuja produção é em larga escala. Você encontra fabricantes que possuem rotomoldagem, injeção, vacuum forming, injeção a sopro, enfim toda tecnologia que uma grande marca de brinquedos tem, mas bonecas que botariam o Chuck boneco assassino pra correr.

Foquei nas empresas que não conhecia, para tentar entender esse processo de desenvolvimento de produtos, em grande parte o que descobri era um regime de empresa familiar, ou seja, o próprio dono desenvolve, fiquei até sabendo que eles viajam pra fora para se "inspirarem" e trazerem idéias para suas indústrias.

Eu fico me perguntando, se eles vão ter que investir no molde de injeção, penso eu que independente da beleza da boneca, o investimento é o mesmo, porque não fazer um produto legal? ou pelo menos que não vá traumatizar nossas crianças.

Acho que a indústria de brinquedos é carente em questão de design, fora as empresas tradicionais que já devem ter seus devidos setores de desenvolvimento de produtos, o resto vive de produtos que tem cara de loja de R$1,99, que nada mais são do que cópias. Mas acho que é um mercado onde ainda se deve ensinar o que é DESIGN e o porque seria vantajoso para eles terem nossos serviços. Alguns nem sabem que existimos, tanto que muitos dos donos das empresas me olharam com aquela cara, "do que que esse japonês tá falando?"

Acho um nicho enorme, caso um dia consigamos mudar essa cultura de pequenas empresas onde o dono faz tudo, inclusive o desenvolvimento dos produtos.

.